Notícias


A carreira de Doce de Coco

publicado por Penna Filho - 1865 visualizações


  O filme Doce de Coco prossegue a sua trajetória no âmbito estadual e no âmbito nacional, com resultados satisfatórios.
  No âmbito estadual, dentro do projeto Cinema Para o Povo Sem Tela, com recursos do Funcultural,  da Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Turismo de Santa Catarina, o filme foi exibido em 11 cidades, entre abril e início de junho corrente.

  As cidades e a repercussão
  Em abril, o filme foi exibido em Criciúma, Araranguá, São Francisco do Sul, Itajaí, Brusque e Joinville; em maio, percorreu Blumenau, Palhoça, Rio do Sul e Jaraguá do Sul; em junho, nos dias 1 e 2, passou em Caçador.
  As projeções têm ocorrido em espaços culturais e/ou educativos, com a presença em média de 50 pessoas, lotação dos auditórios. Em algumas cidades, o filme é exibido em dois dias consecutivos, com sessões à tarde e à noite.
  O público tem reagido de forma bastante favorável, participando posteriormente do encontro com o diretor Penna Filho e alguns dos seus colaboradores, Flávia Person, Henrique Tobal e Reno Caramori Filho.
Ainda no mês de junho, estão agendadas exibições em Braço do Norte, Bom Retiro e Joaçaba.

  A distribuição nacional
  No âmbito nacional, Doce de Coco foi lançado em 14 de maio no Belas Artes, de São Paulo, onde   permaneceu três semanas. Na semana do seu lançamento, Doce de Coco participou de um evento muito especial dentro da Virada Cultural de São Paulo: a Virada Cine Gastronômica, um evento que reunia na madrugada de 15 para 16 de maio, um sábado, filmes que abordavam temas ligados à culinária. Doce de Coco foi o filme que mais atraiu público nesse evento, ocasião em que a distribuidora Vitrine Filmes serviu aos presentes porções do manjar.
  Paralelamente, o filme já foi exibido em sete cidades do interior paulista e está programado para mais quatro municípios até o fim de junho. A afluência de público tem sido bem satisfatória.
No Estado de São Paulo, o filme está integrando o projeto Vá ao Cinema, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, composto por 115 cidades.

  Programação em Florianópolis/ Sala Paradigma
  Enquanto já está programado para o Rio de Janeiro e brevemente entrará no circuito de salas digitais, hoje em 170 das maiores cidades do Brasil, o lançamento de Doce de Coco em Florianópolis, a cidade onde foi filmado, tornou-se difícil por falta de uma sala alternativa e pela insensibilidade dos grupos exibidores que têm salas nos shoppings da capital catarinense. O lançamento estava acertado para a sala de cinema do CIC, mas,lamentavelmente, por decisão do governo estadual, todo o complexo do CIC foi fechado para reformas e não há sinal para a sua reabertura.
  Providencialmente, surgiu uma nova sala, Paradigma Cine Arte, com o mesmo perfil da sala do CIC, e finalmente poderemos mostrar o filme aos ilhéus. Embora com uma programação já estabelecida até julho, o programador da sala, Frederico Didoné, generosamente abriu suas portas para o filme, que será excepcionalmente exibido nos dias 17 e 24 de junho, às 20 horas. Posteriormente, em julho ou agosto, o filme poderá voltar, ficando mais alguns dias em exibição.



  + Notícias



 
 
Rua João Antônio da Silveira, 414, Lagoa da Conceição
88062-150 - Florianópolis, SC
Tel - Fax: 55 (48) 3733 6266 Cel: 48 9973 6512
Email: fabipennacine@gmail.com
© Todos os direitos reservados - All rights reserved - Penna Filho Produções - 2017
Website desenvolvido por trampoart.com